Rebaixado após ser punido com a perda de quatro pontos no Campeonato Mato-Grossense, o União Rondonópolis teve o que comemorar nesta terça-feira (24). Julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MT), o Cacerense também não escapou do gancho por escalar jogadores irregularmente na competição e acabou ficando no lugar do rival na última colocação do Grupo B e consequentemente com o descenso decretado.

O Cacerente foi punido na noite desta terça-feira com a perda de oito pontos, além de multa de R$ 100 por escalar jogadores de forma irregular nas duas primeiras rodadas do Estadual. Curiosamente, a denúncia foi feita pelo próprio União, através da Procuradoria do TJD, que acabou se livrando do rebaixamento.

Leia também:  FMF confirma participação na Copa do Brasil de Seleções Estaduais Sub-20 da CBF

Com a perda de oito pontos, o Cacerense fica zerado na tabela de classificação, a três do próprio União. A Fera da Fronteira deve recorrer nos próximos dias, enquanto isso o rebaixamento fica em aberto, porém, hoje, quem cairia seria o Cacerense.

Sem contar ambas as punições, o Cacerense seria o time que cairia dentro das quatro linhas. Só foi salvo anteriormente por conta da punição do União. Agora punido, a Fera se junta ao Sinop como os dois clubes rebaixados no Estadual.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.