Diolanda Duarte estava na rua para fugir do mau odor do veneno - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Diolanda Duarte estava na rua para fugir do mau odor do veneno – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Já se tornou rotina diária de Diolanda Duarte sair para fora de casa devido ao mau cheiro dos inseticidas que ela tem que jogar cotidianamente no local para espantar os mosquitos. Ela é moradora do bairro Residencial Nova Era em Rondonópolis e diz não suportar mais os problemas de infraestrutura, principalmente com relação às ruas sem pavimentação, esgotos correndo a céu aberto e outras situações que causam desconforto a grande parte da comunidade.

Ruas esburacadas no Parque Residencial Nova Era  01“São tantos mosquitos, que tenho que jogar veneno todos os dias e sair para fora de casa pois não aguento o fedor do veneno. Não aguento mais” desabafa Diolanda. De acordo com a comunidade, os maiores problemas são nas ruas 10 e 3.

Leia também:  269 vagas de empregos para Rondonópolis (05/06)

Ainda conforme o presidente do bairro, Moises Rodrigues Pesoas passando nas ruas esburacadas no Parque Residencial Nova Era  01da Silva, a licitação para que construam a estação elevatória de esgoto já existe, porém, nada foi feito. “Já está licitado e oficializado. Ainda não entendo o motivo da demora” explica o presidente.

 

RESPOSTA PREFEITURA

A assessoria da Prefeitura informou que o projeto para a realização da estação elevatória já foi aprovado e o  Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) está aguardando a liberação de recursos para começar a obra. Ainda não há previsão para o início do projeto.

‘Para que o esgoto chegue até a estação de tratamento depende da estação elevatória’ explica a assessoria.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.