O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Comarca de Primavera do Leste realiza até a próxima sexta-feira (20 de março) o primeiro mutirão do ano. Nesta edição, pessoas que possuem débito com o Banco Sicredi estão tendo a oportunidade de negociar suas dívidas. Ao todo foram agendadas 120 audiências de conciliação, sendo 96 processuais e 24 pré-processuais. As audiências começaram na terça-feira (17 de março).

O gestor judiciário da comarca, Migueloncito dos Santos, conta que a iniciativa foi proposta pelo próprio banco e tem como objetivo reduzir o número de inadimplentes e evitar a judicialização dos conflitos. “A intenção é obter o máximo de acordos possíveis. Para isso, um funcionário do banco trouxe propostas exclusivas de redução de juros e parcelamento de dívidas”, explica. Entre os principais casos selecionados para as audiências estão a inadimplência de empréstimos, cheques especiais e cartão de crédito.

Leia também:  Fies divulga resultado do segundo semestre de 2017

De acordo com o advogado do banco Sicredi, Darley da Silva Camargo, a conciliação é sempre o melhor caminho para a resolução de conflitos. “Como sou professor na faculdade onde está inserido o Centro Judiciário, ficou mais simples realizar a parceria. Por isso, levamos todos os casos judicializados na comarca para o mutirão”, destaca.

Ele conta ainda que dias antes do início das audiências ficou sabendo de um aluno que estava com conflitos de quatro naturezas diferentes com o banco. “Pedi que ele aguardasse o mutirão antes de judicializar, evitando assim quatro novas ações. Ele concordou e marcamos uma audiência de conciliação para resolver tudo de uma vez. O primeiro encontro já aconteceu e o acordo foi pré-aprovado”, contou o advogado.

Leia também:  Em agosto, Barra do Garças realiza a 8ª Caravana da Transformação

O cliente do advogado Leonardo Costa Nicolino também participou do mutirão para tentar saldar uma dívida. “Tanto o banco quanto o meu cliente estavam interessados em resolver a situação. Acho que essa disponibilidade contribuiu para que chegássemos a um acordo”, disse Leonardo. Agora, com o aumento do número de parcelamentos oferecidos pelo banco, o cliente de Leonardo vai conseguir quitar seus débitos de uma vez por todas.

Além do mutirão do Sicredi, a unidade judiciária já realizou um mutirão fiscal da Prefeitura de Primavera do Leste e outro da Unic, ambos em 2014. E segundo o gestor, um novo mutirão com o banco Sicoob deverá ser realizado em meados do mês de abril.

Leia também:  Governo estende até 31 de dezembro o prazo de decreto para atualização no Simcar
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.