As contratações com carteira assinada registraram uma queda de 61,44% em fevereiro se comparado com o mesmo período do ano passado em Rondonópolis. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostram que em fevereiro de 2014 foram gerados 402 empregos na cidade, já este ano o mês terminou com saldo negativo de 247 demissões.

Foram 3.050 contratações e 3.297 demissões este ano. O setor que mais contratou foi o de Serviços com 408 admissões, e seguida o setor de Agropecuária com 56 contratações. Já o setor de Comércio terminou o mês de fevereiro com saldo negativo de 595 demissões, em seguida veio o setor de Construção Civil com 132 trabalhadores demitidos.

Leia também:  Receita libera nesta sexta consulta ao 4º lote do Imposto de Renda de 2017

Em fevereiro de 2014 o setor que mais contratou também foi o de Serviços, com 319 contratações. O setor que mais demitiu foi o de Construção Civil com 44 demissões.

No total foram 3.183 contratações e 2.781 demissões no ano passado.

BRASIL

A geração de empregos no Brasil registrou o pior resultado em 16 anos no mês de fevereiro. Foi pior até que o mesmo mês de 2009, quando o tsunami da crise global atingia as orlas da economia brasileira.

Somando todas as contratações e todas as demissões, segundo dados oficiais o Brasil fechou 2.415 vagas de emprego em fevereiro. Foi o resultado mais melancólico para o mês desde 1999. Em fevereiro do ano passado, o Brasil tinha criado mais de 260 mil vagas. Desde 2010, o pior resultado tinha sido em 2013 como uma criação superior a 120 mil vagas.

Leia também:  Estoque de empregos nos laticínios registrou queda de 0,28% em MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.