Nos últimos treinos antes do início da temporada 2015 de Fórmula 1, que acontece na Austrália no dia 15 de março, a Mercedes foi a equipe a andar mais rápido em Barcelona. A surpresa, é claro, não foi pela liderança da escuderia alemã, campeã absoluta em 2014, mas sim por ter “escondido o jogo” nos últimos treinamentos. A Mercedes foi a única a não utilizar os pneus supermacios, mais rápidos que os macios, e ainda assim andar na frente, com o tempo de 1m22s792 de Nico Rosberg, na sexta-feira. Os fãs de automobilismo vão continuar na expectativa de ver todo o potencial dos novos carros da escuderia para o primeiro GP do ano, na Austrália.

Outro destaque dos quatro dias de treinos livres em Barcelona foi a participação dos brasileiros Felipe Massa e Felipe Nasr. O piloto da Williams cravou o melhor tempo da quinta-feira, usando pneus macios, após 101 voltas no circuito. Já o novato na Formula 1, guiou sua Sauber por 299 voltas ao todo e marcou o terceiro melhor tempo no segundo e quarto dias de treinamentos. A Ferrari mostrou recuperação e fechou o último dia com Sebastian Vettel cravando o segundo melhor tempo após 127 voltas.

Leia também:  1ª Paraolimpíada deve contar com 139 alunos em Rondonópolis

primeiro dia – felipe massa na frente

A quinta-feira marcou o início da temporada final de treinos da Fórmula 1. Quem brilhou foi o brasileiro Felipe Massa, que deixou para trás Marcus Ericsson, da Sauber, e até Lewis Hamilton, que fez o terceiro tempo. No entanto, o piloto da Williams guiava com pneus macios, enquanto a Mercedes andou de compostos médios. A equipe alemã precisou encerrar suas atividades mais cedo, por causa de um problema no sistema MGU-K (motor elétrico alimentado pela energia armazenada nas frenagens). Confira como foi o primeiro dia de treinos.

segundo dia – mercedes mostra superioridade

Nico Rosberg levou o novo W06 da Mercedes para uma volta rápida com pneus macios no segundo dia de treinos em Barcelona. O resultado foi o tempo de 1m22s792, o mais baixo de todos os quatro dias de atividades, baixando em oito décimos o tempo de Felipe Massa na quinta-feira. A sexta-feira também foi de rodagem para Felipe Nasr, que anotou 140 voltas em sua Sauber, alcançando o terceiro melhor tempo, com 1m24s071, atrás de Rosberg e também Valtteri Bottas, da Williams. Confira como foi o segundo dia de treinos.

Leia também:  Público reage e evita prejuízo para o União

Terceiro dia – hamilton lidera e massa se aproxima

Felipe Massa voltou às pistas de Barcelona para mais 102 voltas com sua Williams utilizando compostos supermacios. O brasileiro conseguiu baixar o tempo em relação à sua melhor parcial, na quinta-feira, e fez 1m23s262, a segunda melhor volta do dia. No entanto, a Mercedes voltou a mostrar que será difícil a ser batida na temporada. Hamilton liderou os treinos com o tempo de 1m23s022 com pneus macios. Mistério mantido e expectativa para o quarto dia, último para a equipe alemã mostrar sua força com os compostos supermacios. Confira como foi o terceiro dia de treinos.

quarto dia – ferrari reage, e bottas faz melhor tempo

Leia também:  Seleção brasileira fica no Grupo E estreando o primeiro jogo contra Suíça

O mistério em cima da Mercedes só aumentou com a chegada do último dia de treinamentos em Barcelona. A equipe, que vinha andando forte mesmo sem os pneus supermacios, fez apenas o sétimo melhor tempo com Nico Rosberg e não divulgou os compostos utilizados. Enquanto isso, a Williams aproveitou para, assim como no primeiro dia, andar na frente, desta vez com Valtteri Bottas, que fez 1m23s063. A Ferrari mostrou boa recuperação e, com Sebastian Vettel anotou o segundo melhor tempo do dia, com 1m23s469. Felipe Nasr novamente foi o terceiro, após 159 voltas em sua Sauber. Confira como foi o quarto dia de treinos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.