Onze gestantes que estão na sala de espera da Santa Casa de Misericórdia em Rondonópolis reclamaram da demora no atendimento desta terça-feira (10) na maternidade. Uma das pacientes que não quis se identificar afirmou que está há espera de atendimento desde às 10h da manhã.

Ela afirmou que está com 11 semanas de gestação e com febre e dores na barriga, e ainda não foi atendida. A paciente afirmou ainda que outras dez gestantes também aguardam atendimento e algumas já foram até embora por causa da demora.

De acordo com a assessoria do hospital, dois plantonistas estão atendendo a demanda, porém nesta terça houve uma superlotação. A média de atendimento é de cinco partos por dia, porém somente na manhã de hoje, 12 partos foram realizados sendo quatro de emergência.

Leia também:  Número 192 do SAMU está fora de área

A maternidade afirmou também que o atendimento é realizado conforme a classificação de risco e por isso os casos mais graves e emergenciais são passados na frente, como o caso de uma mulher que já chega em trabalho de parto.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.