Descerramento de placa da inauguração do terminal de distribuição de combustível - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Descerramento de placa da inauguração do terminal de distribuição de combustível – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

O governador Pedro Taques (PDT) inaugurou na manhã desta quarta-feira (16), em sua 1ª visita oficial a Rondonópolis, o terminal de combustíveis da Raizen que irá gerar cerca de 200 empregos diretos e indiretos.  Na ocasião, participaram do descerramento de placa e do corte da fita inaugural, o prefeito municipal Percival Muniz (PPS), o diretor da Cosan, Marcos Lutz e os representantes da empresa que são os vice-presidentes executivos, Leonardo Gadotti Filho e Teófilo Lacroze.

Por volta das 10h40, o governador chegou ao terminal acompanhado do prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz (PPS), onde foi recepcionado pelos representantes da Raízen. Durante a cerimônia de inauguração estiveram presentes, os deputados estaduais Nininho, Sebastião Rezende e Max Russi (PSB), vereadores e empresários do município e região.

De acordo com o vice-presidente Leonardo Gadotti Filho, o terminal levou praticamente dois anos para ser construído e teve um investimento de R$ 60 milhões. Para o representante, o município recebe o melhor terminal da empresa em Mato Grosso [há outras duas unidades, uma em Cuiabá e outra no município de Alto Taquari].

Leia também:  Número do Samu volta a funcionar após problema devido às chuvas
Momento do corte da fita de inauguração do terminal - foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Momento do corte da fita de inauguração do terminal – foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Durante o discurso, o chefe do Estado, Pedro Taques (PDT), que completa 80 dias de gestão nesta quarta-feira, falou sobre a crise no país e da importância de Mato Grosso para o Brasil.

“Nós estamos em crise econômica no Brasil, o Estado de Mato Grosso e eu como governador, sou otimista, esse estado está segurando a balança comercial do Brasil. Um evento como esse é muito significativo para o Estado de Mato Grosso, precisamos criar um ambiente negociável para receber os investidores e os investimentos. Para isso é precisamos resolver os gargalos, precisamos de investidores aqui para as políticas públicas”.

O governador ainda falou da crise sofrida pelo Estado. “Os problemas existem, todos nós temos dificuldades, temos R$ 1,7 milhões de déficit do orçamento para pagar, mas nós vamos trabalhar muito para que possamos concretizar as políticas mais importantes do cidadão.”

Leia também:  Carreta carregada com algodão tomba e pega fogo na BR-364
Pedro Taques em sua 1ª visita oficial a Rondonópolis - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Pedro Taques em sua 1ª visita oficial a Rondonópolis – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

O prefeito municipal Percival Muniz (PPS), acredita que este é só o início de desenvolvimento no setor para Rondonópolis. “Nós vamos distribuir 6 bilhões de combustíveis por ano, gerando mais de 1 mil empregos consolidando o terminal da ferrovia, este é o maior terminal de distribuição de combustível, com exceção de Paulínia, de todo Brasil,” destacou.

Para o diretor de desenvolvimento e de novos negócios, Nilton Gabardo, a cidade recebe o melhor terminal da empresa do setor energético. “Rondonópolis foi escolhida por ser a capital do Agronegócio, eu acredito que o município recebeu o melhor terminal da Raízen no Brasil, com o novo terminal haverá um potencial para o cliente da Shell. Tem todo um círculo virtuoso a partir de agora e vamos colher a partir do mês de abril,” ponderou.

Leia também:  Rondonópolis | Comércio é setor que mais contrata em outubro

AGENDA

O governador Pedro Taques ainda irá cumprir outros compromissos no município nesta quarta-feira (18). Dentre eles, Taques irá se reunir na tarde de hoje, às 14h30, com o prefeito Percival. “Quero ouvir um pouco o prefeito Percival Muniz precisamos acertar e evoluir nesta gestão”, destacou.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.