inezitaMorreu na noite deste domingo (8) a dama da música caipira, Inezita Barroso.

Aos 90 anos, a cantora e atriz, que deu entrada no Hospital Sírio Libanês no dia 19 de fevereiro, morreu de insuficiência respiratória aguda.

Inezita era apresentadora do programa musical mais antigo da TV brasileira, o Viola, Minha Viola, exibido pela TV Cultura. A emissora lamentou a morte e prestou homenagem por meio de sua página no Facebook.

Uma das cantoras mais premiadas do Brasil, Ignez Magdalena Aranha de Lima nasceu em São Paulo, em 4 de março de 1925, e desenvolveu seu amor pela música caipira e pelas tradições populares logo cedo. Começou a cantar e estudar violão aos sete anos e, aos 25, adotou o nome artístico que a tornou conhecida em todo o Brasil.

Leia também:  Rico e Lázaro | Hurzabum revela ter notado semelhanças entre ele e Nabucodonosor

Em 1951, fez a primeira gravação em disco, pela gravadora Sínter. A partir daí, gravou cerca de 100 discos. Detentora de mais de 200 prêmios, entre eles o Prêmio Sharp de Música na categoria Melhor Cantora Regional, Inezita Barroso também era folclorista, atriz e professora.

A grande dama da música de raiz deixa uma filha, três netas e cinco bisnetos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.