Os nomes que estarão à frente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso já foram definidos. A investigação será em relação as suspeitas de irregularidades na implementação do modal de transportes, que deveria ter sido entregue a tempo para a Copa do Mundo 2014.

Os titulares serão os deputados Mauro Savi (PR), Pery Taborelli (PV), Janaina Riva (PSD), Oscar Bezerra e Silvano Amaral (PMDB). Já os deputados Wilson Santos (PSDB), Pedro Satélite (PSD), Emanuel Pinheiro (PR) e Wagner Ramos (PR) ficaram como suplentes.

Após o anúncio dos nomes, os deputados se reuniram e votaram pela escolha do relator e presidente. Oscar Bezerra presidirá os trabalhos, que ficarão sob a relatoria de Mauro Savi. O socialista foi escolhido sob o argumento de que não fez parte da base do governo passado e o republicano pelo fato de quando se apresentaram os modais, ele optou pelo BRT em detrimento ao VLT.

Leia também:  Série de confissões de Silval começa nesta segunda-feira

Os deputados Savi e Bezerra foram escolhidos por meio de votação porque normalmente quem apresenta a proposta da CPI e inicia a coleta de assinaturas assume a presidência. Como neste caso a proposta foi enviada pelo Colégio de Líderes, o presidente e o relator foram submetidos à votação.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.