A situação do União no Campeonato Mato-grossense é delicada. Com o empate contra o Cuiabá na tarde deste domingo na Arena Pantanal, a equipe somou mais um ponto, chegando aos cinco em cinco jogos. A diretoria do time já tentou de tudo, demitiu treinador, dispensou e contratou jogadores. Dois jogos à frente da equipe, não foram suficientes para Júlio César levar o União a primeira vitória. O técnico confirmou as dificuldades do grupo, mas acredita que ainda existe uma saída.

– Nós confiamos muito em nosso trabalho, eu cheguei em uma situação difícil, vi jogadores desacreditados. É muito complicado chegar na situação que estava o União, que sempre disputava títulos, e hoje briga contra o rebaixamento. Mas o primeiro passo já foi dado, conseguimos um ponto diante do Cuiabá. Agora temos duas partidas em casa para vencer e sair da lanterna – disse o treinador do União por telefone com o GloboEsporte.com.

Leia também:  União tem desafio diante do Luverdense em Lucas

Sobre os dois jogos no comando do time sem vencer, o técnico explicou que teve dificuldades para trabalhar com o grupo, pelo pouco tempo, por não conhecer o elenco e ainda pela falta de motivação dos jogadores.

– Ainda estou conhecendo o grupo, buscando tirar o melhor deles, e as conquistas vão chegar. Procurei devolver a confiança a cada um, porque um jogador só rende quando acredita nele mesmo. E com o jogo de domingo, a equipe mostrou que está crescendo e que vamos evoluir juntos no estadual – contou o técnico.

Júlio César aprovou a postura da equipe na Arena Pantanal. O time jogou de igual para igual contra o Cuiabá, que vive uma situação bem diferente, líder do grupo A com 12 pontos, invicto na competição e garantido na próxima fase do estadual.

Leia também:  União tem estreia contra o Dom Bosco confirmada

– Nós viemos com um propósito de jogo, sabíamos que íamos enfrentar uma grande equipe, além das dificuldades de jogar na arena.  Procuramos primeiro defender, e no momento oportuno sair e atacar. Quando estávamos com a bola, procuramos jogar. Foi um bom jogo – falou ao GloboEsporte.com.

Essa é a atitude que o treinador espera que a equipe continue tendo para sair do sufoco da lanterna. Mesmo sem a vitória, que insiste em não chegar no União, o empate com o Cuiabá significou para o grupo uma mudança de comportamento e sinais de um recomeço.

– É isso que eu quero da minha equipe, que tenha personalidade. Tendo atitude, como tivemos no jogo de ontem. E é isso que estou preparando e planejando, para que em cada jogo melhoraremos mais – afirmou Júlio César.

Leia também:  União vai enfrentar o Dom Bosco na Arena pelo Sub-19

Outra preocupação do clube agora é a possibilidade de perda pontos na competição, o que poderia decretar a queda do time para a série B do Campeonato Mato-grossense. União e Sinop foram denunciado por Mixto e Dom Bosco por possíveis escalações irregulares na estreia do estadual. Os clubes serão julgados nesta terça-feira pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso (TJD-MT).

A próxima partida do União é contra o Dom Bosco, na quarta-feira, dia 11 de março, no estádio Luthero Lopes. Jogo válido pela nona rodada do campeonato.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.