O Laboratório Brasileiro de Controle de Dopagem deve ganhar em maio sua credencial para que seja usado durante Olimpíada de 2016. A Wada (Agência Mundial de Controle de Dopagem) comunicou nesta quinta-feira (26) o Comitê Executivo do COI (Comitê Olímpico Internacional) que, dentro de três meses, deve tomar uma decisão sobre o credenciamento do laboratório brasileiro. A expectativa é que ele seja aprovado.

O LBCD, antigo Ladetec, perdeu sua credencial em 2013. Sem ela, ele não pode ser utilizado para os exames antidoping da Olimpíada pois não têm a confiabilidade exigida pelos organizadores do evento esportivo.

Desde o descrendecimento, entretanto, governo e a ABCD (Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem) trabalham para que o LBCD esteja apto para os Jogos. O laboratório já foi aprovado em três testes e uma auditoria. No mês que vem, deve passar por mais um teste e uma nova auditoria. Caso seja aprovado, deve ser novamente credenciado pela Wada durante reunião do comissão executiva do órgão, em maio.

Leia também:  Luverdense fica no empate com o Paraná

Nesta semana, durante reuniões entre membros do COI e representantes do governo brasileiro, o secretário-executivo do Ministério do Esporte, Ricardo Leyser, mostrou confiança no recredenciamento do LBCD ainda neste semestre. Segunndo ele, todo o planejamento do laboratório para sua aprovação tem sido seguido à risca.

O secretário nacional da ABCD, Marco Aurelio Klein, ratificou a confiança na aprovação. Disse que o LBCD passou por obras e ganhou novos equipamentos desde 2013. Hoje, faltando pouco mais de um ano para o início da Rio-2016, opera em condições superiores a do laboratório britânico que fez os testes de dopagem na Olimpíada de Londres.

“Representantes do laboratório de Londres estiveram aqui e disseram que estamos melhor hoje do que eles estavam antes da Olimpíada de 2012”, explicou Klein. “A diferença é que eles ja tinham o credenciamento. Nós estamos quase lá.”

Leia também:  União volta a jogar sábado pelo Sub-19
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.