Gabriel Medina e Filipe Toledo já sabem quem vão enfrentar na estreia em Bells Beach, na Austrália – segunda etapa da temporada 2015 do circuito mundial, que tem janela de 1º a 12 de abril. O atual campeão do mundo terá pela frente o jovem aussie Matt Banting e outro surfista que ainda sairá do trials. Já o campeão em Gold Coast na última semana e líder do ranking deste ano já começa sua campanha contra um amigo, o brasileiro Jadson André. O australiano Owen Wright completa a bateria. O atual campeão em Bells é o tricampeão mundial Mick Fanning.

Wiggolly Dantas está na bateria 1 e não terá vida fácil pela frente. Ele pega logo de cara Taj Burrow (AUS) e Jeremy Flores (FRA). Na bateria 2, Adriano de Souza, o Mineirinho, terá pela frente Kai Otton (AUS) e Brett Simpson (EUA). Estreante na elite, Ítalo Ferreira abre a bateria 4 contra John John Florence (HAV) e C. J. Hobgood (EUA). Miguel Pupo tem Joel Parkinson (AUS) e Glenn Hall, o irlandês que eliminou Medina em Gold Coast após uma polêmica interferência, na bateria 9.

Leia também:  Academia é destaque em competição em Minas Gerais

Medina está na bateria 6 contra Banting, um talentoso garoto australiano de 20 anos, que estreou na elite em 2015. Ele venceu uma bateria em Gold Coast e acabou na 13ª colocação, após perder para o sul-africano Jordy Smith na terceira fase. Na bateria 11, Filipe Toledo ganhou o direito de competir com a camiseta dourada, já que lidera o ranking da temporada. O americano Kelly Slater, 11 vezes campeão mundial, estreia contra o havaiano Sebastian Zietz e neo-zelandês Ricardo Christie na bateria 3.

Filipe Toledo lidera o ranking mundial com 10.000 pontos, seguido pelo australiano Julian Wilson, em segundo com 8.500, e pelos brasileiros Adriano de Souza e Miguel Pupo, em terceiro com 6.500 cada um.

Leia também:  Brasil vence a Holanda e tem desafio mortal contra os Estados Unidos

confira as baterias de bells beach

Bateria 1: Taj Burrow (AUS), Wiggolly Dantas (BRA) e Jeremy Flores (FRA)
Bateria 2: Adriano de Souza (BRA), Kai Otton (AUS) e Brett Simpson (EUA)
Bateria 3: Kelly Slater (EUA), Sebastian Zietz (HAV) e Ricardo Christie (NZL)
Bateria 4: John John Florence (HAV), Ítalo ferreira (BRA) e C. J. Hobgood (EUA)
Bateria 5: Mick Fanning (AUS), Freddy Patacchia Jr. (HAV) e Trials
Bateria 6: Gabriel Medina (BRA), Matt Banting (AUS) e Trials
Bateria 7: Jordy Smith (AFR), Adrian Buchan (AUS) e Keanu Asing (HAV)
Bateria 8: Michel Bourez (PYF), Nat Young (EUA) e Dusty Payne (HAV)
Bateria 9: Joel Parkinson (AUS), Miguel Pupo (BRA) e Glenn Hall (IRL)
Bateria 10: Josh Kerr (AUS), Bede Durbidge (AUS) e Adam Melling (AUS)
Bateria 11: Filipe Toledo (BRA), Owen Wright (AUS) e Jadson André (BRA)
Bateria 12: Julian Wilson (AUS), Kolohe Andino (EUA) e Matt Wilkinson (AUS)

Leia também:  Luverdense perde do Inter com gol polêmico no final
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.