Sete presos que fugiram da Cadeia Pública de Nova Mutum (452 km de Rondonópolis) ainda continuam foragidos. Já se passaram um mês que ocorreu a fuga de 27 detentos pela porta da frente da cadeia, depois que duas mulheres seduziram e doparam dois agentes penitenciários durante uma ‘festinha’, libertando os detentos da unidade. (leia mais)

A Polícia Civil de Nova Mutum comprovou que houve facilitação de fuga envolvendo o ex-diretor e os dois agentes.

De acordo com informações, entre os sete que continuam foragidos estão criminosos que respondiam por homicídio, furto, tráfico de drogas e roubo.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

As jovens envolvidas na fuga permanecem presas na Penitenciária Feminina em Cuiabá (215 Km de Rondonópolis). Uma delas é namorada de um dos presos e a outra moça é irmã do mesmo detento.

Leia também:  Rapaz morto a tiros após sair da igreja já tinha sido preso acusado de estuprar adolescente

Os dois agentes penitenciários e o ex-diretor, exonerado logo após o caso, continuam presos na Cadeia de Santo Antônio do Leverger (230 Km de Rondonópolis).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.