ovos de pascoaO Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem-MT) realizou a coleta de produtos relacionados à páscoa em alguns estabelecimentos comerciais de Rondonópolis e de outros três municípios mato-grossenses, Cuiabá, Várzea Grande e Cáceres, para serem avaliados por exames quantitativos ou metrológicos [verifica se o peso é o indicado na embalagem]. Cerca 450 produtos entre ovos de páscoa, chocolates em barra e caixas de bombons em 20 estabelecimentos comerciais foram avaliados pelo instituto.

De acordo com o Ipem-MT, outros produtos como milho, canjica, leite, coco, leite condensado e canela, também foram coletados, sendo realizadas 35 perícias metrológicas nos chocolates e sete nos outros produtos, mas não foram encontradas irregularidades.

Contudo, ao verificar os brinquedos contidos nos ovos de páscoa, que são oferecidos como brinde, o Instituto analisou a presença do selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) em 630 produtos, dos quais dois foram reprovados por não apresentar certificado, sendo estes apreendidos e seus distribuidores notificados.

Leia também:  Rondonópolis terá 'Festival Estudantil de Teatro' nesta quinta e sexta-feira

O processo de análise dos ovos e dos brinquedos foi feito no laboratório do Ipem-MT e acompanhado pelo representante de cada marca avaliada.

Preço dos ovos de páscoa
Como o site de notícias AGORA MT informou anteriormente, o preço dos ovos de páscoa em Rondonópolis sofreu um aumento de 7 a 8%. O reajuste no preço dos produtos teria ocorrido devido à alta do dólar elevou o custo do cacau, dos brindes infantis importados da China e o preço da mão de obra também subiu. (Veja matéria completa).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.