Um adolescente investigado em pelo menos 15 roubos a mão armada foi apreendido pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), em Cuiabá, na companhia de Manoel Haroldo de Figueiredo, 25 anos, que teve a prisão preventiva cumprida, na tarde quinta-feira (12.03), pela equipe de policiais civis, sob coordenação da delegada Nubya Beatriz Gomes dos Reis.

O adolescente M.O.M, 16 anos, conhecido por “Satã”, na companhia de Manoel Haroldo e outras duas pessoas, foram detidas, na proximidades de Cuiabá, quando retornavam da cidade de Primavera do Leste (231 km ao Sul), em um veículo Voyage.

Os quatro ocupantes do carro foram conduzidos à Delegacia de Roubos e Furtos da Capital. O adolescente “Satã” está com ordem de internação decretada, depois de requerida pelo delegado Paulo Araújo, titular da Delegacia Especializada do Adolescente, e Manoel com prisão preventiva expedida pela Justiça. Os dois tiveram as ordens judiciais cumpridas e uma terceira pessoa foi autuada em flagrante por uso de documento falso. O quarto ocupante do automóvel foi liberado. A prisão de Manoel foi solicitada pela Derf.

Leia também:  Identificada travesti morta em Rondonópolis

A dupla é investigada no roubo cometido a casa de um policial militar, no bairro CPA, de onde levaram diversos objetos da residência como joias, televisor, roupas, dinheiro, tênis, notebook e celulares. O assalto ocorreu no dia 25 de fevereiro deste ano e na casa estava apenas a esposa do militar com um bebê de apenas 10 meses.

A delegada Núbya Beatriz informou que investiga a participação de outros dois criminosos, integrantes da quadrilha liderada pelo adolescente. O bando, conforme a delegada, utiliza um veículo Polo prata nos assaltos cometidos em residências e comércios de vários pontos da Capital. “Temos informações que este veículo foi flagrado em diverso crimes através das câmeras de segurança”, disse a delegada.

Leia também:  Acusado de tráfico de drogas tem casa incendiada em Cuiabá

No celular do adolescente, os policiais encontraram um vídeo mostrando ele queimando uma nota de R$ 50,00, com um copo de cerveja na mão e dançando. “Não tinham preferência por locais, pois queria o bem para ficar ostentando e dinheiro para usar drogas”, disse a delegada.

O adolescente foi encaminhado à Delegacia do Adolescente, em Cuiabá. A Polícia Civil espera que vítimas de roubos cometidos pelo adolescente possam reconhecê-lo.

A prisão e apreensão integram a operação “Actio Auctoritatis”, que visa fortalecer investigações roubos, furtos e tráfico de drogas. O trabalho está inserido no plano operacional da Secretaria de Estado de Segurança Pública, para os primeiros 100 dias de enfrentamento à criminalidade em Mato Grosso.

Leia também:  Motociclista fura sinal com criança sem capacete na garupa
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.