O Banco Central (BC) divulgou hoje (12) uma estimativa de alta de 38,3% no preço de energia elétrica neste ano. Em janeiro do ano corrente, o BC previa uma alta menor para a energia de 27,6%.

Essa estimativa de alta no preço da energia elétrica em 2015 é reflexo do repasse às tarifas do custo de operações de financiamento, contratadas em 2014, da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), conforme o BC.

O governo anunciou, no início deste ano, que não pretende mais fazer repasses à CDE (um fundo do setor por meio do qual são realizadas ações públicas) em 2015, antes estimados em R$ 9 bilhões. Com a decisão do governo, as contas de luz dos brasileiros podem sofrer em 2015, ao todo, aumentos bem superiores aos registrados no ano passado.

Leia também:  Economia cresce 0,7% este ano diz Banco Central

A previsão faz parte da ata da última reunião do Comitê de Política Econômica (Copom) do BC, ocorrida na semana passada, quando a taxa básica de juros da economia avançou para 12,75% ao ano – o maior patamar em seis anos.

No início deste mês, as contas de luz dos brasileiros já subiram, em média, 23,4%.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.