Percival e servidoresMantendo a postura em negociar abertamente com os servidores municipais que estão em greve, o prefeito Percival Muniz, voltou a conversar, na manhã desta sexta-feira (6) com aqueles que estão parados. A proposta colocada em discussão é a entrega dos Planos de Cargos, Carreias e Salários – PCCSs dos servidores para o Poder Legislativo em até 30 dias.

Percival Muniz assegurou que os PCCSs irão corrigir as atuais distorções salariais entre as categorias. “Com os PCCSs quem está em cima não receberá aumentos e quem está em baixo terá os valores salariais aumentados, corrigindo assim, as distorções salariais atualmente existentes”, disse.

Percival deu como exemplo a categoria dos vigilantes, que ganha bem menos, e que com a revisão dos PCCS, passará a ter aumento de 30%, assim como outras categorias que ganham menos no Município.

Leia também:  32ª Corrida da bandeja acontece em Rondonópolis

O prefeito solicitou, apesar de reconhecer o direito de greve, que aqueles que estão parados voltem ao trabalho para que assim, não prejudiquem a sociedade, especialmente, as crianças, que precisam voltar às aulas.

Percival ainda destacou que pretende fazer concurso público, mas que este dependerá da votação dos PCCSs por parte do Poder Legislativo. “A minha parte farei, que é entregar os PCCSs para a Câmara Municipal, só que dependerá dos vereadores a votação”, esclareceu.

Por fim, o prefeito deixou claro que o diálogo com o sindicato e as categorias estará sempre aberto. “Estarei sempre aberto para ouvir as categorias”, concluiu.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.