Os três trechos que voltaram a ser bloqueados ontem (02) pelos caminhoneiros da BR-163 em Lucas do Rio Verde, Sorriso e Sinop, na região Norte de Mato Grosso, foram liberados por volta das 19 h ainda ontem (02). As informações são de acordo com a Polícia Rodoviária Federal no estado (PRF-MT).

Os caminhoneiros decidiram suspender os protestos nas rodovias federais em MT até o próximo dia 10. A decisão foi tomada após uma reunião com o governo federal realizada ontem (02).

No dia 10 uma nova reunião será realizada, em Brasília, para discutir a formatação de uma nova tabela do preço do frete, conforme informou um dos manifestantes no estado. Com essa nova tabela, os transportadores de carga e os caminhoneiros autônomos não devem fazer frete com preço abaixo do previsto nessa tabela.

Leia também:  Estado repassa mais de R$ 200 milhões aos municípios

Ainda conforme um dos manifestantes do estado, ficou estabelecido que a tabela tem que estar pronta em 45 dias a contar do dia 10, caso durante a reunião não haja avanço, os bloqueios serão retomados.

REIVINDICAÇÃO

Outra reivindicação dos caminhoneiros é que o governo federal dê prazo de carência de 12 meses para o pagamento de empréstimos contraídos por meio do programa ‘Pró Caminhoneiro’ para a aquisição de caminhões e outros veículos pesados, entre eles máquinas agrícolas, e até mesmo sistema de segurança para os veículos. Esse prazo deverá ajudar os caminhoneiros que encontravam-se em crise a recompor a situação financeira. Os recursos desse programa são provenientes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES).

Leia também:  Sine intermedeia mais de mil vagas de emprego em 24 municípios

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.