Com reforço policial, a Polícia Militar (PM) iniciou neste sábado (21), a Operação Asfixia em Rondonópolis, que integra a Operação Impacto. Durante o dia, policiais militares estiveram ‘migrando’ por várias partes da cidade realizando o cerco e fiscalizando veículos que passavam pelas vias. A ação ocorreu principalmente nas regiões Central, da Vila Operária e da Vila Aurora.

Cerco policial na região da Vila Operária - Foto: Messias Filho / AGORA MT
Cerco policial na região da Vila Aurora- Foto: Messias Filho / AGORA MT

“Estamos trabalhando, fazendo os cercos. O crime ele migra então precisamos estar atentos a isso,” destacou o Tenente Coronel Morais.

Motocicletas apreendidas durante a fiscalização - Foto: Messias Filho / AGORA MT
Motocicletas apreendidas durante a fiscalização – Foto: Messias Filho / AGORA MT

Conforme informações do Coronel, a Operação Asfixia iniciou hoje, porém não tem um prazo determinado. Ele ainda relatou que operações inopinadas já vinham sendo realizadas dentro do plano de ação dos 100 dias do Governo do Estado.

Leia também:  Frentista cai em golpe do envelope vazio e entrega veículo avaliado em R$ 6 mil

“Dentro desse plano de ação, as operações vem sendo feitas horas em maior escala, hora em menor escala. Hoje, devido ao efetivo podemos realizar uma operação em maior escala,” esclareceu o coronel.

Cerco policial na região da Vila Operária - Foto: Messias Filho / AGORA MT
Cerco policial na região da Vila Operária – Foto: Messias Filho / AGORA MT

De acordo com o Tenente Coronel da PM, a ideia é que a operação possa ser feita mais vezes na cidade, porém depende da disponibilidade que a PM possui e do efetivo. Quanto a Operação, ele destacou que a ação tem sido positiva.

“Na parte da manhã foi positivo, não houve informação de nenhum crime. O evento está sendo favorável nesse sentido,” finalizou.

Posteriormente, a assessoria da PM deve divulgar os resultados da Operação.

Cavalaria

Cavalaria saindo da Praça dos Carreiros - Foto: Messias Filho / AGORA MT
Cavalaria saindo da Praça dos Carreiros – Foto: Messias Filho / AGORA MT

Sob o comando do Major Hender, a cavalaria da PM, chamou a atenção da população. De acordo com o major, durante o dia, a cavalaria passou pela região Central e na região do Casario.

Leia também:  População revoltada amarra suspeito de furto a residência

“Como na capital e devido a operação de 100 dias no interior, nós viemos dar um suporte ao policiamento local. Nossa função primordial é buscar aproximação com a sociedade com a Polícia Militar. Nossos animais são dóceis o que facilita a nossa interação do policial militar com a sociedade,” destacou.

Cavalaria trafegando próximo ao Casario - Foto: Messias Filho / AGORA MT
Cavalaria trafegando próximo ao Casario – Foto: Messias Filho / AGORA MT

De acordo com o major, durante a passagem da cavalaria pelas ruas do centro, em torno das Praças dos Carreiros e Brasil, a população esteve próxima aos policiais, sendo que muitas se aproximavam para poder tirar foto e falar com os militares.

Ainda conforme o major, apesar da cavalaria estar dando suporte apenas neste sábado (21) em Rondonópolis, a ideia é que ela retorne mais vezes a cidade. “No cronograma do Governo, a cavalaria participa apenas um dia na Operação aqui, mas estaremos dando suporte futuramente ao policiamento local,” finalizou.

Leia também:  Trio é detido pela Força Tática por tentativa de roubo e posse ilegal de arma em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.