O assassinato de um jovem no bairro Paiaguás, em Cuiabá, foi esclarecido pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), da Polícia Judiciária Civil, na terça-feira (17.03). A vítima, Higor kaique Marques Ferreira, 22 anos, filho de um Polícia Militar, foi assassinada no dia 4 de março , por disparo de arma de fogo e teve a motocicleta Yamaha XT 660R de cor azul, roubada pelo infrator.

O suspeito é o adolescente de 15 anos, M.O.M, conhecido por “Satã”, autor de mais de 15 roubos à mão armada, apreendido no dia 12 de março desde ano, pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos, de Cuiabá.

O menor está recolhido no Centro Socioeducativo do Pomeri e foi reconhecido por três testemunhas que presenciaram o crime. O delegado Adriano Henrique Sanches dos Santos informou que o menor já era investigado no crime e após ser apreendido, os policiais confirmaram a autoria do latrocínio.

Leia também:  Em post na web, mãe diz que coordenador de escola pediu para ela 'dar um jeito' no cabelo da filha

As diligências continuam para identificar o envolvimento de outras pessoas no latrocínio e recuperar a motocicleta roubada.

Participaram da investigação os policiais civis, Túlio, Edinaldo, Josino e Otávio, coordenados pelo delegado de polícia Adriano Sanches.

O esclarecimento está inserido na operação “Sicários”, que visa concluir 200 inquéritos de homicídios e latrocínios. O trabalho integra o plano operacional da Secretaria de Estado de Segurança Pública, para os primeiros 100 dias de enfrentamento à criminalidade em Mato Grosso.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.