A segunda fase do Campeonato Mato-grosssense deve começar na próxima quinta-feira, dia 19 de março, com pelo menos uma partida. Apesar do presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso (TJD-MT), João Vicente Scaravelli, ter afirmado que o torneio teria que parar após a rodada de domingo, por conta dos julgamentos marcados para terça-feira, a Federação Mato-grossense deve confirmar os duelos com os times já classificados.

Equipes como CEOV, Poconé, Cuiabá e Dom Bosco não estão diretamente ligados com o resultado dos julgamentos, por terem pontos suficientes para não serem alcançados pelos clubes em questão: Sinop, Mixto e União.

– A tendência é que seja com um jogo do Operário, já que ele terá a Copa do Brasil e irão faltar datas. Entendemos a ordem do TJD-MT, mas já conversamos com os responsáveis que acataram nosso pedido. Tem clubes nas duas chaves que não serão afetados em nada – disse Helmute Lawisch, presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), à rádio Industrial.

Leia também:  Seleção masculina de futsal brasileira disputará amistosos em Mato Grosso

O julgamento de terça-feira deve definir o futuro principalmente do Sinop, que perdeu quatro pontos por ter escalado jogadores irregulares na estreia do Mato-grossense. A equipe deve recorrer da decisão. O União também será julgado pelo mesmo erro, após o TJD-MT ter aceitado nova denúncia do Dom Bosco.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.