Os reservatórios de abastecimento administrados pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) tiveram elevação no nível de água de ontem (16) para hoje (17). Segundo os dados da empresa, o Sistema Cantareira passou de 15% para 15,3% de sua capacidade. Nos últimos dois dias choveu no manancial 9,6 milímetros (mm), acumulando 157,5 mm no mês, enquanto a média histórica para o período é 178,0 mm.

No Guarapiranga, o nível passou de 74,7% para 76,8%, depois de 15,6 mm de chuvas. No mês choveu 148,4 mm, com a média histórica de 153,2 mm. No Sistema Rio Grande, ontem, o nível estava em 98,1% e passou para 98,3%, com pluviometria em 14,4 mm, acumulando nos 17 dias de março 184,4 mm. A média histórica para o período é 186,3 mm.

Leia também:  Homem diz ter problemas mentais após ser preso por agredir e tentar matar idosa

No Sistema Alto Tietê, o volume passou de 21,8% para 22%. De ontem para hoje, choveu 10,3 mm. O índice pluviométrico chegou a 145,2 mm (a média histórica do sistema é 172,4 mm). No Alto Cotia, o volume armazenado chegou a 56% da capacidade do reservatório e a pluviometria do dia foi 26,6 mm. No mês choveu 112,0 mm e a média para o período é 149,1 mm.

O Sistema Rio Claro passou de 40,4% para 40,5%, com 5 mm de chuva. O acumulado chegou a 165,8 mm (média histórica de 245,9 mm).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.