Dois jovens suspeitos de fazer um arrastão na noite de ontem (14), em um residencial localizado na cidade de Pedra Preta (distante cerca de 20 km de Rondonópolis), acabaram feridos durante uma troca de tiros com o Comando de Ação Rápida (CAR). Os suspeitos estavam em uma motocicleta de cor preta, sendo que o garupa estava armado. Esta é a 2ª vez em uma semana que CAR intercepta elementos vindo de Pedra Preta.

LEIA – Bandidos trocam tiros com Grupo CAR e se dão mal

De acordo com o Boletim de Ocorrências (BO), após o roubo, a dupla fugiu sentido Rondonópolis. Com isso, houve uma comunicação entre os batalhões, onde a PM de Rondonópolis, fez uma barreira na BR-364, no intuito de aguardar os suspeitos.

Leia também:  Segurança morre baleado após deixar a arma cair no chão

Pouco tempo depois, os policiais avistaram os dois fugitivos, que não obedeceram a ordem de parada. Foi feito acompanhamento tático e próximo ao trevo, o garupa disparou contra a guarnição que revidou proporcionalmente.

Mas na frente, a dupla dispensou a arma e caiu na beira da pista. Ambos estavam feridos, e algemados, aguardaram a chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), para serem resgatados e encaminhados ao Hospital Regional, onde permanecem internados.

Os policiais ainda localizaram no acostamento, a arma de fogo utilizada pelos suspeitos e boa parte dos celulares que foram roubados das vítimas de Pedra Preta.

A dupla foi identificada como N. M. A., 16 anos e David Dias dos Santos, 21 anos, ambos moradores de Rondonópolis.

Leia também:  Após denúncia, veículo roubado é encontrado na Vila Olinda

Atuaram na ocorrência o Comando de Ação Rápida (CAR) de Rondonópolis, juntamente com a PM local, com apoio de uma guarnição da PM de Pedra Preta.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.