Quem sofre com problemas de pele sabe o quanto é difícil encontrar o método de depilação certa para não lesionar ainda mais a pele.

Para falar mais sobre o que pode e o que não pode ser feito, a coordenadora do Curso Depilação Feminina e Masculina, produzido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, Mitsue Mary Ávila Watanabe esclareceu algumas dúvidas frequentes de quem sofre de acne, melasma, candidíase, entre outros problemas. Confira:

Acne

As espinhas não devem ser coçadas ou expremidas para evitar cicatrizes e manchas. Quando as lesões estiverem com inflamação e pus, deve-se evitar a depilação.

Foliculite

A foliculite é uma inflamação do folículo piloso com consequente contaminação por uma bactéria.

Leia também:  Álcool pode ser mais prejudicial para as mulheres

O problema é transmissível para outras regiões do corpo, além de passar de pessoa para pessoa. é possível depilar, contanto que a pessoa esteja em tratamento. A depiladora deve usar luvas descartáveis.

Furúnculo

O furúnculo é um nódulo vermelho quente, geralmente com pus. É contagioso e a depilação deve ser evitada. O certo mesmo é fazer o tratamento adequado com seu médico dermatologista.

Candidíase

Candidíase é deixa a pele avermelhada, com uma massa esbranquiçada e úmida. Não é aconselhado fazer depilação nas áreas afetadas.

Melasma ou cloasma

São manchas de tonalidade marrom-clara a escura. Aparecem nas maças do rosto, no dorso do nariz, no buço e queixo.

Caso a pessoa estiver usando ácido para clareamento, não é aconselhado fazer depilação, caso contrário, podem aparecer mais manchas. Quem não está passando por tratamento pode se depilar desde que use uma era hipoalergênica.

Leia também:  Conheça 8 tipos de sal e aprenda a usá-los

Dermatofitoreses ou Dermatofitoses

São micoses cutâneas ocorrentes em pelos, unhas e pele. As dermatofitoses podem aparecer em qualquer local do corpo. É mais comum em regiões das plantas dos pés, provocando descamações. Nas virilhas, provocam coceiras. Não é recomendado fazer depilação.

Quer saber mais sobre cuidados com a pele? A blogueira Juliana Goes  conversou com a dermatologista Irina Afonso para te explicar mais sobre a hidratação da pele no verão. Você não pode perder:

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.