Hidratar os cabelos é essencial para que as madeixas cresçam bonitas, saudáveis e fortes. Mas, ao invés de passar o primeiro creme que aparecer na sua frente, adote os cuidados específicos para o seu tipo de fio.
Hidratação para cabelos com química e secos

O fio nessa situação fica poroso e precisa de água e óleo para recuperar a saúde. Para repor essas substâncias, a recomendação da técnica de beleza Marília Kikuchi, da Condor, é fazer máscaras de hidratação com queratina e aminoácidos, que hidratam profundamente. Faça uma vez por semana.

Hidratação para cabelos oleosos
Oleosidade não é sinônimo de hidratação e, por isso, cabelos oleosos também precisam de hidratação. A recomendação da especialista é fazer uma assepsia do couro cabeludo, com argila, por exemplo, para retirar o excesso de oleosidade e só depois hidratar os fios. “Esse tipo de fio pode ser hidratado a cada 20 dias, com cremes mais leves para não estimular mais a oleosidade”, recomenda.

Hidratação para cabelos normais

Sem nenhum tipo de química, eles suportam um período maior entre uma hidratação e outra. “Recomendo para esse tipo de cabelo as ampolas instantâneas que devolvem o brilho e os torna sedosos e maleáveis rapidamente”, conta Marília. Faça a hidratação caseira em intervalos de 20 a 30 dias.

Hidratação para cabelos muito ressecados

Se, depois de avaliar a situação da fibra capilar, o profissional constatar que seu cabelo está muito ressecado, será necessário associar outro processo à hidratação para conseguir reconstruir o fio, como uma cauterização, por exemplo. “Em alguns casos, é necessário fazer várias hidratações até conseguir a maciez desejada”, explica Marília Kikuchi.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.