O ano começou difícil para a economia. Muitos produtos sofreram aumento e, na alimentação, não tem sido diferente. A carne vermelha foi o alimento que mais impactou no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) conforme dados do IBGE. Agora a carne vermelha está ainda mais difícil de comprar.

Quem vai ao açougue já tem que fazer substituições, e é nesse período de quaresma que os comerciantes aumentam ainda mais as expectativas de venda do tradicional prato simbólico, o peixe.

No mês de janeiro, o valor da carne vermelha subiu de 18 a 20% em Rondonópolis, isso tem colaborado para o aumento do consumo de carnes brancas.

Os preços dos peixes variam de acordo com a espécie. O pintado pode ser encontrado de R$ 21,99 a R$ 25 o quilo, o pacu sai a R$ 25, o tambaqui varia entre R$ 8,99 a R$ 12,39 e o bacalhau sai a R$ 49,90.

Leia também:  Reajuste nas contas de energia começam a valer em novembro

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.