A 1ª audiência pública para debater propostas de interesse dos policiais civis acontece nesta segunda-feira (13), no auditório da Polícia Civil, em Cuiabá (215 Km de Rondonópolis). Entre os temas a ser debatido está a exigência do curso de Direito para ingresso no cargo de escrivão de polícia, proposta apresentada pelo Sindicado dos Escrivães de Polícia.

A criação do banco de horas, para compensação das horas excedentes trabalhadas também está na pauta para debate. A regulamentação vem sendo trabalhada junto às categorias para elaboração da resolução que irá criar o “Banco de Horas”, no âmbito da Polícia Judiciária Civil, atividade específica de natureza compensatória, destinada ao policial civil e que possibilita a compensação das horas extras trabalhadas.

Leia também:  Três são detidos por roubo a residência em que família foi feita refém por 5h

No dia 7 de maio, está agendada outra audiência aberta com os policiais, para discutir pauta de interesse dos investigadores de polícia.

Delegado geral, Adriano Peralta Moraes - Foto: reprodução
Delegado geral, Adriano Peralta Moraes – Foto: reprodução

De acordo com o delegado geral, Adriano Peralta Moraes, é importante a participação dos policiais para discussão das matérias, de forma ampla e democrática, sobre as demandas em benefícios dos servidores da Polícia Judiciária Civil.e

A audiência inicia às 14h30 e é aberta a toda categoria.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.