Material apreendido durante operação.
Material apreendido durante operação – Foto: Sindspen-MT

Mais de um quilo de droga, chips, armas artesanais e 24 celulares foram encontrados dentro da Penitenciária Central do Estado (PCE), durante operação realizada por agentes penitenciários nesta terça-feira (21), em Cuiabá.

Conforme informações do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (SINDSPEN-MT), todos os materiais foram localizados no raio 4, onde estão presos aproximadamente 180 detentos. Os detentos que estavam com a droga e os objetos ainda não foram identificados.

O diretor da PCE, Roberval Barros, acredita que a droga e os celulares tenham entrado na unidade durante o horário de visita no último domingo (20).

“Já abrimos procedimento administrativo e estamos trabalhando para investigar quem são os detentos que receberam esses materiais e quem são as visitantes que estão levando”, explicou o diretor.

Leia também:  Várzea Grande | Caminhonete pega fogo em posto de combustível

Para o presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (SINDSPEN-MT), João Batista, as mulheres dos presos são as principais suspeitas.

“A forma como os invólucros com a droga foram encontrados embalados em preservativos masculinos, demostram o modo como essas mulheres agem para transportá-las nos dias de visitas, ou seja, introduzidas no corpo, e isso ficou muito mais fácil para elas, tendo em vista de que os agentes não podem mais revistá-las”, explicou o presidente.

Trabalhou nessa operação cerca de 40 agentes penitenciários, além de um cão farejador.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.