A frase acima é refrão da música “Sexo!!” gravada pela banda Ultraje a Rigor em 1987. Foi um grande hit na época, e proporcionou uma abertura para muitas famílias conversarem sobre o tema. Hoje, passados mais de 20 anos, por incrível que pareça, falar sobre sexo ainda deixa muita gente envergonhada, principalmente se for preciso conversar com os filhos.

Embora o querer sexo seja um comportamento totalmente natural e inerente ao ser humano, continua sendo um tabu universal, mesmo com a internet oferecendo todo tipo de informação. A questão é saber: Apenas informar meu filho é suficiente?

A resposta é não, não mesmo! Os adolescentes não precisam apenas de informações sobre a biologia e as consequências de uma relação sexual. Eles precisam mais do que assistir à Malhação e ver o clichê da gravidez precoce, eles precisam se sentir amparados pelos pais ou responsáveis, eles precisam de uma conversa olho no olho.

A escola já faz o papel de informar, a TV de banalizar e a internet de desvirtuar o sexo. Por isso os pais e responsáveis devem ser um suporte para direcionar os adolescentes à uma visão saudável que está acerca do assunto.

Todos os sentidos estão muito aflorados na puberdade, há um aumento das taxas hormonais, ritmo acelerado de altura e peso, mudanças nas proporções do corpo, e a consequência dessa desproporcionalidade sempre vem acompanhada de muita insegurança com a autoimagem e com as relações sociais.

É preciso que os pais e responsáveis fiquem atentos a essas mudanças, pois elas sinalizarão que é hora de ter um “papo reto”. Pais que têm muita dificuldade ou resistência em conversar com os filhos sobre sexo podem fazer um acompanhamento com psicoterapeuta, e se prepararem para essas conversas tão importantes e indispensáveis nessa fase da vida.

*Sexo!! Música de Maurício e Roger Moreira. WEA 1987.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.