A Assembleia Legislativa e a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) assinam Termo de Cooperação Técnica na próxima semana para que a instituição forneça profissionais para a realização de assessoria técnica e auditoria de contratos na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Renúncia e da Sonegação Fiscal.

Nesta sexta-feira (10), o presidente da Assembleia Legislativa e da CPI, Guilherme Maluf (PSDB) e José Carlos do Pátio (SD), se reuniram com o vice-reitor da Unemat, Ariel Lopes, e representantes da instituição, onde foi oficializado o convite e aceito prontamente pela universidade estadual.

“Queremos a Unemat conosco auxiliando nos trabalhos dessa CPI, pois o quadro técnico da universidade é qualificado e essa atuação conjunta fortalece a investigação conduzida pelo deputado José Carlos do Pátio. Também já adiantamos que queremos firmar uma parceria com a instituição de ensino para outras ações, como nas áreas de educação e cultura, além da capacitação dos nossos servidores”, afirmou Maluf.

Leia também:  Audiência Pública discute regularização fundiária em Rondonópolis nesta quinta

Presidente da CPI, José Carlos do Pátio lembrou que a parceria é histórica, em função da Assembleia Legislativa já ter firmado anteriormente, parcerias com a Fundação da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), e o trabalho em conjunto com a universidade estadual agregará valores à investigação, pois atualmente, 92% do quadro da Unemat é formado por professores com mestrado ou doutorado.

“A Unemat tem profissionais qualificados para dar sustentação e apoio que a CPI precisa, me orgulho de ser professor da instituição e da sua primeira participação nessa parceria ser nessa CPI, que já está tendo muita repercussão, como exemplo tivemos a vinda de cinco deputados de Rondônia vindo conhecer os trabalhos da comissão”, lembrou o deputado do SD.

Leia também:  Cabral e Adriana Ancelmo fazem prova do Enem em presídios do Rio

Com a assinatura da parceria, a Unemat deve ceder à CPI, profissionais na área de direito, economia e contabilidade para auxiliar nos trabalhos. “Temos um quadro técnico muito capacitado com professores com mestrado e doutorado, que estão preparados para auxiliar o Poder Legislativo”, disse o vice-reitor, que representou a reitora da universidade, Ana Maria de Renzo.

Representando a Unemat, também participaram da reunião desta sexta-feira, o diretor-geral da Fundação de Apoio ao Ensino Superior da Universidade do Estado de Mato Grosso, Marcelo Horn, o professor e diretor da Faesp, Wilbo Cardoso, o professor Milton Chicalé e o técnico administrativo Márcio José da Silva.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.