Foto: Reprodução / MIX ME
Foto: Reprodução / MIX ME

O 1º trimestre de 2015 será lembrado como período fundamental e a confirmação da volta por cima na carreira do cantor Armandinho e sua banda.

Depois de assumir problemas com o álcool e depressão, o cantor gaúcho radicado em Santa Catarina provou que suas músicas voltaram ao patamar do começo dos anos 2000 e, em um evento com ingressos esgotados, levou milhares de cariocas à casa de shows Fundição Progresso, na Lapa (RJ), no final de março.

Em turnê pela cidade maravilhosa com o 5ª CD da carreira, Sol Loiro, Armandinho também contou com um movimento intenso dos seus fãs nas redes sociais, relacionamento que se estreitou depois de suas publicações polêmicas. O resultado foi o recorde de participações de um evento na Fundição com mais de 27 mil confirmações no Facebook. Armandinho explicou um pouco sobre sua ligação com os fãs nas mídias sociais.

Leia também:  Isabella e Gabriella | "A gente respira música e agora decidimos investir nisso"

“Eu tenho enorme gratidão pelos meus fãs. Eu sempre falo a verdade e é isso que criou essa conexão tão única com eles”, declarou o músico. “No Twitter e Instagram, eu mesmo posto e respondo 24h por dia ou sempre que posso. Já o facebook tem uma pessoa que fica lá em casa comigo me passando as informações e movimentações e eu também estou lá. Foram eles que me deram todo apoio para superar as fases da carreira”.

Hiato

Depois de emplacar três álbuns de muito sucesso entre 2002 e 2008, com hits como “Desenho de Deus” e “Ursinho de Dormir”, o artista se desligou das gravadoras e lançou seu primeiro trabalho independente, em 2009, e foi aí que pôde ver o outro lado da moeda de um artista. “As vendas não seguravam a banda e os shows não eram mais tão frequentes”, explica o cantor.

Leia também:  Jennifer Lopez e Jay-Z anunciam show em favor das vítimas de furacões

“Foi falta de dinheiro mesmo que deixou a gente parado”, confessa ele. “Em dezembro de 2009 chegamos a ficar sem nenhum show. Foi um período difícil, mas que também tiramos algumas lições e vimos que existem outros lados. Foi nesse período que os fãs da Argentina e Uruguai deram maior força e levantaram nossa autoestima novamente. Os shows que começamos a fazer lá nessa época foi o que reavivou a banda”.

O sucesso de Armandinho e banda com os hermanos resultou em um DVD gravado em Buenos Aires em 2012, financiado pelo próprio cantor. E logo depois a banda conseguiu lançar o álbum que ainda fazem turnê. Porém esse hiato na carreira deixou a banda longe dos solos cariocas por sete anos. O último show tinha acontecido em meados de 2007 e só em 2014 puderam voltar, também na Fundição, e em 2015 conferir o ponto alto do retorno ao Rio.

Leia também:  Zé Carrero e Catuaba | "A gente gosta de um sertanejo inovador e tem dado certo"

E os planos não param por aí. Para continuar surfando a nova onda, eles querem fazer um DVD em um projeto de luau acústico reunindo os maiores sucessos da banda e músicas inéditas, além de parcerias com outros artistas famosos.

“A gente que fazer um registro diferente, um luau acústico para poucas pessoas e alguns convidados. Tem tudo a ver com a nossa banda e a nossa história. Assim damos continuidade a esse novo momento na nossa história”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.