Março foi o mês de maior liquidez na safra 2013/14. Durante o mês, 60,3 mil toneladas de pluma foram vendidas, assim, a comercialização em Mato Grosso atingiu 95% das 995 mil toneladas produzidas na safra 2013/14. As informações foram divulgadas pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Os dados apontam que tal liquidez foi decorrente de dois fatores, a disposição, devido ao preço médio no mês ter sido de R$ 57,15/@, o maior desde junho de 2014, e a necessidade dos ofertantes em negociar, haja visto à proximidade do prazo de entrega dos produtos negociados nos leilões de Pepro. O que reduziu o estoque estadual a 51,1 mil toneladas.

Na safra 2014/15, o quadro foi similar, com 48% da produção estimada de 856,2 mil toneladas negociada ao final do mês, assim março também foi o mês mais líquido, em que os produtores aproveitaram o maior preço médio negociado na safra, de R$ 61,23/@, para vender 67,4 mil toneladas, e aproveitar o bom momento para cobrir o máximo possível de custos.

Leia também:  MT registra queda nas vendas de veículos de 8,8% em junho
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.