Os consumidores estão cautelosos em relação aos gastos relacionados à Páscoa. Pesquisa realizada pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) em todas as regiões do País mostrou que 68% dos entrevistados pretendem gastar menos este ano em comparação à Páscoa do ano passado.

O levantamento sobre hábitos de consumo na Páscoa mostrou que apenas 3% planejam gastar mais nas comemorações da data na comparação com as despesas de 2014, e 29% disseram que vão manter o mesmo padrão de gastos.

Em Rondonópolis, o presidente da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Rondonópolis (ACIR), José Luiz Gonçales Ferreira, acredita que o movimento do comércio deve acompanhar a tendência nacional. “Conforme está sendo divulgado pelos veículos de comunicação, estamos enfrentando um período de dificuldade financeira em todo o país. Portanto os consumidores daqui devem estar mais cautelosos na hora das compras, inclusive dos ovos de páscoa”, comentou José Luiz.

Leia também:  Mudança de bandeira deixará conta de energia mais cara em agosto

Segundo a pesquisa da Boa Vista SCPC, 59% dos pesquisados consideram que a Páscoa gera despesas extras no supermercado pela compra de produtos relacionados à data (chocolate, bacalhau e outros peixes, colomba, bebidas etc.). Já para 29% do total, a data significa maior consumo de chocolate.

Nessa linha, a grande maioria dos consumidores (77%) costuma comprar chocolate para comemorar a data, e deste total 61% comprarão ovos de Páscoa, enquanto 39% devem optar por bombons e barras, entre outros produtos que contêm chocolate. A fatia de consumidores que comprarão ovos de Páscoa é maior entre as mulheres (63%) do que entre os homens (59%).

No grupo de consumidores que vai comprar chocolate, 58% pretendem gastar entre R$ 50 e R$ 200, de acordo com o levantamento da Boa Vista SCPC, enquanto 34% planejam gastar até R$ 50 e 8% devem despender mais de R$ 200.

Leia também:  Setor de serviços cresce 1% e tem melhor abril desde 2013

A pesquisa revelou também que 88% vão comprar chocolate à vista, e desse grupo 50% pagarão em dinheiro. A opção de pagar com dinheiro em espécie é mais frequente entre as mulheres (59%) do que entre os homens (43%).

Entre os que não compram chocolate na Páscoa (23% do total de entrevistados), 33% compram outros tipos de alimentos, 9% fazem compras de itens não especificados, 5% optam por viagens, 2% por itens de lazer e apenas 1% prefere brinquedos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.