Enquanto se recupera de uma cirurgia no joelho direito, Dominick Cruz pensa no retorno ao octógono. E o ex-campeão do peso-galo do UFC já sabe até quem quer enfrentar. Em entrevista ao “Sensei”, o lutador afirmou que “adoraria aposentar” o rival Urijah Faber(assista ao vídeo).

– Adoraria aposentar o Urijah Faber. Acho que eventualmente vai acontecer. Urijah é um dos melhores da divisão, o respeito como um atleta, é muito bom. Como pessoa é diferente. Não temos que nos dar bem para lutar, isso é uma das coisas lindas do MMA – disse Dominick.

Os dois lutadores têm uma rivalidade longa. Após conquistar 20 vitórias em 20 lutas no World Extreme Cagefighting (WEC), Dominick Cruz encarou Urijah Faber na disputa pelo cinturão dos penas e foi derrotado. Cruz migrou para o MMA em 2010 e Faber fez o mesmo um ano depois.
O americano está afastado desde o ano passado, por conta de um rompimento dos ligamentos do joelho direito, a terceira lesão em um período de três anos. Ainda hão há previsão de retorno. Mas quando voltar, Dominick deve fazer uma ou duas lutar antes de disputar o cinturão, que perdeu justamente por conta de lesão. Dominick disse que no momento TJ Dillashaw só ainda é campeão porque não o enfrentou.

Leia também:  Cuiabá, Sinop e Sorriso lideram ranking estadual de tênis de MT

– TJ Dillashaw é o campeão no momento porque ele ainda não lutou contra o melhor, ele não lutou comigo. E isso não sou eu sendo metido, isso sou eu sendo confiante nas minhas habilidades e nas coisas que eu fiz nesse esporte – afirmou.

A última luta do americano se deu em setembro do ano passado, ao nocautear Takeya Mizugaki depois de três anos de problemas físicos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.