O número de casos notificados de dengue nos primeiros 90 dias de 2015 registrou um aumento considerável em Mato Grosso. Nos três primeiros meses do ano foram registrados 4.180 casos, sendo 160 em janeiro e 4.020 somando fevereiro e março.

De acordo com dados do boletim epidemiológico da área de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Sinop e Cuiabá são os municípios que apresentaram os maiores números de notificações, com 963 e 374 casos, respectivamente.

Em comparação com o mesmo período do ano passado, houve uma redução de 14,89%. De janeiro a março de 2014 foram registradas 4.929 notificações.

Já em relação à ocorrência de óbitos relacionados à doença, seis casos foram informados, tendo uma confirmação no município de Sapezal. As outras cinco mortes estão em investigação e aguardam resultado.

Leia também:  Cinco hospitais filantrópicos devem receber ajuda emergencial do governo de MT

Ainda foram registrados 17 casos suspeitos de Febre Chikungunya. Deste total, sete ainda estão sob investigação, nove foram descartados e um caso importado foi confirmado. As cidades de Rondonópolis, Pontal do Araguaia, Arenápolis e São Féliz do Araguaia notificaram um caso cada. Já em Marcelândia, foram dois registros e na capital Cuiabá 11 notificações foram registradas.

Diante deste quadro a Secretaria de Estado de Saúde (SES) tem orientado os municípios para intensificar as ações de combate ao mosquito transmissor das doenças, com o intuito de reduzir os números e prevenir novos casos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.