O presidente nacional do PDT, Carlos Tupi, realmente ficou preocupado com a possibilidade de Pedro Taques deixar a sigla para ingressar em um novo partido, tanto é que após convites públicos de outras siglas, inclusive aliadas, como PSDB, PSB, e PPS, Lupi tratou logo de marcar um encontro com o atual gestor de MT e veio a Cuiabá nesta quinta-feira (16).

O ‘burburinho’ em torno da saída de Taques do PDT, em decorrência das duras críticas do deputado estadual e presidente da sigla em Mato Grosso, Zeca Viana (PDT) feitas ao governador, parece ter incomodado Lupi.

Segundo uma fonte da Coluna BASTIDORES, Carlos Lupi não gostou nada do presidente estadual do partido, Zeca Viana, ter levado os problemas internos para a tribuna da Assembleia Legislativa (AL) e comentado sobre o caso com a imprensa. Zeca Viana, não só teria levado um ‘puxão de orelha’, como ficou excluído dos encontros de Carlos Lupi com Pedro Taques.

Leia também:  De olho na vaga

Lupi teria dito que precisava inicialmente ‘aparar as arestas’ para depois realizar um encontro entre o governador e o parlamentar.  Taques é dito como um dos principais nomes do PDT no país, perde-lo seria um ‘baque’ imenso para a legenda do partido.

Lupi ainda teria relatado que os problemas existentes são apenas entre o partido em nível estadual com Taques, devido as críticas de Zeca Viana, mas que Taques não sairá do partido. Na ocasião, Lupi chegou a descrever Pedro Taques  como ‘um homem bom, preparado e bom de voto,” parece que agora, Zeca Viana vai ter que enfiar o ‘rabo entre as pernas’ e aguentar tudo caladinho.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.