O mês de março terminou com saldo negativo nas contratações com carteira assinada em Rondonópolis. Foram 3.134 contratações e 3.194 demissões. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados ontem (23) pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O único setor que registrou saldo positivo foi o de Serviços com 328 pessoas empregadas. Já cinco setores pesquisados fecharam o mês com saldo negativo. O setor que mais demitiu foi o de Indústria e Transformação, com 313 desligamento, em seguida o setor de Comércio, com 53 pessoas demitidas. Os setores de Agropecuária, Extrativa Mineral e Construção Civil também fecharam no vermelho.

Já os setores de Serviço Industrial e Utilidade Pública e Administração pública terminaram com saldo zero.

Leia também:  Pecuaristas iniciam setembro mais otimistas em MT

A contratação com carteira assinada em 2014 também fechou o mês de março com saldo negativo na cidade. Foram 2.892 contratações e 2.948 demissões. O setor que mais gerou empregos foi o de Serviços com 109 contratações e o que mais demitiu foi o de Construção Civil com saldo negativo de 82.

BRASIL

No Brasil os dados apontam que depois de três meses consecutivos em queda, a geração de empregos formais no país voltou a crescer em março, com a criação de 19.282 postos de trabalho formal. O dado representa crescimento de 0,05% em relação ao mês anterior, quando havia sido registrado fechamento de 2.415 vagas.

O resultado do mês de março de 2015 é melhor do que o obtido no mesmo mês do ano passado (13.117). O resultado positivo para o mês de março deste ano decorre da diferença entre o total de trabalhadores admitidos (1.719.219) e o total de demitidos (1.699.937). No ano, foram admitidos 5.088.689 trabalhadores com carteira assinada e demitidos 5.139.043.

Leia também:  Venda de veículos sobe mais de 20% em setembro
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.