Não importa se o jogo é em Cleveland ou não. No TD Garden, em Boston, LeBron James comandou mais um triunfo dos Cavs na série diante dos Celtics pelas quartas de final da Conferência Leste, para abrir 3 a 0 e ficar a uma vitória da próxima fase dos playoffs na NBA. Com 31 pontos, o ala foi determinante para o Cleveland fazer 103 a 95, na vitória que também teve participação decisiva do ala/pivô Kevin Love, com 23 pontos. No próximo domingo, às 14h (de Brasília), no quarto encontro da série, novamente no TD Garden, os Cavs podem encerrar o duelo sem saber o que é perder.

No primeiro quarto, Kevin Love comandou o Cleveland com nove pontos, acompanhado por seis de LeBron e com três assistências de Kyrie Irving. Pela primeira vez na série, a equipe saía na frente do jogo. A vantagem de seis pontos à frente no primeiro quarto, com 31 a 25 no placar, foi importante no resultado final, já que o segundo tempo seria marcado pelo equilíbrio.

Leia também:  Atleta rondonopolitana é ouro no salto em altura

Antes do intervalo, a torcida do Boston, até então mais quieta, se levantou e incentivou a reação do time da casa. Restando pouco mais de seis minutos para o fim do segundo quarto, os Celtics empataram em 38 a 38 e, em seguida, após erro do pivô rival Mozgov, chegaram à dianteira com mais dois pontos, deixando o clima quente em quadra. Mas LeBron estava em quadra e, com 17 pontos no jogo àquela altura, viu o Cleveland reagir no fim da parcial para fechar em 56 a 48.

A dupla LeBron/Love se manteve firme no segundo tempo, pronta para frear a reação do Boston, que a todo instante se mantinha próximo no placar. Com o 28 a 28 do terceiro quarto, o Cleveland manteve os seis pontos de vantagem, e o mesmo se repetiu no quarto decisivo, que marcou 19 a 19. O alívio veio mesmo restando 26 segundos, quando Kevin Love marcou da linha dos três pontos após assistência de LeBron. No fim, 103 a 95 para a equipe visitante.

Leia também:  Atleta da Seleção brasileira de Hóquei é assassinado com tiro na nuca em SP
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.