Seti diz que não permitirá que isso aconteça e que ele escolherá a futura rainha. Ramsés finge estar entre a vida e a morte. Ele pede ao pai que o deixe escolher sua esposa, caso ele sobreviva. Henutmire fica preocupada ao saber que Moisés se interessou pela história da falsa serva que invadiu o palácio. Miriã se emociona ao reencontrar Joquebede e fica aliviada ao ver que ela está a salvo. Arão se surpreende ao ver que a mãe está viva e a abraça, aliviado e feliz.

Arão sugere uma fuga, mas Joquebede e Eliseba dizem que eles não conseguirão sobreviver no deserto. Joquebede diz que Deus intercederá por eles, mas Arão se mostra incrédulo. Moisés nota o nervosismo de Henutmire e Disebek ao perguntar sobre escrava e diz estar desconfiado de que ela era sua mãe de sangue. Henutmire perde as palavras e Disebek acaba mentindo, dizendo a Moisés que sua mãe de sangue está morta.

Leia também:  O Rico e Lázaro | Daniel e Abednego tiram Lia e Naomi da prisão

Moisés se conforma com a história e diz que a falsa serva deve ser punida. Henutmire chora aliviada ao ouvir de Disebek que Joquebede está viva e livre. Leila chora sentindo a falta de Bezalel. Ela diz a Abigail que sente medo de que o filho se encante pela vida do palácio e não queira mais voltar para a vila. Arão fica mordido de ciúmes ao perceber que Eldade está interessado por Joquebede. Nefertari flagra Yunet se insinuando para Disebek e fica chocada.

Yunet dissimula e diz para a filha que estava perguntando por Ramsés. Judite se nega a ir para a cama com Apuki e ele a esbofeteia, lhe forçando a se deitar com ele. Oficial responsável por guardar a cela de Moisés é condenado à morte por Disebek, fazendo Hur se sentir culpado. Ramsés diz estar melhor e convida Nefertari para um passei no Nilo, alegrando-a. Moisés vê os dois se divertindo juntos e se morde de ciúmes.

Leia também:  Resumo de novelas desta terça-feira (15)
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.