O ex-presidente da Assembleia Legislativa de Rondonópolis, José Geraldo Riva, teve na tarde desta sexta-feira (24), pela oitava vez o pedido de habeas corpus negado pela justiça. Também foi negado a junção dos processos que hoje estão separados.

A ação foi negada pelo desembargador Rondon Bassil Filho, da 1ª Câmara Criminal de Mato Grosso “Indefiro a medida liminar vindicada em favor de José Geraldo Riva” diz trecho. Quanto ao pedido de junção ele afirmou “Observo a conveniência da separação do processo no que tange ao paciente, que está preso, não havendo nenhuma irregularidade a ser sanada” disse o magistrado.

Além deste pedido que já foi negado, Riva aguarda o julgamento de outro habeas corpus e de uma reclamação no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Leia também:  Após 30 anos de espera, região do Jardim Atlântico recebe rede de esgoto
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.