Veículos envolvidos estão no pátio da Politec - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Veículos envolvidos estão no pátio da Politec – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Um veículo com sinais de batida, que pode ter sido o usado no acidente que provocou a morte da jovem educadora física, Gislaine Ferreira Martins, 24 anos, foi localizado e se encontra no Pátio da Polícia Técnica de Rondonópolis.

De acordo com o delegado regional Henrique Meneguelo, após uma denúncia anônima recebida na manhã desta segunda-feira (06), de que o veículo estaria na Vila Canaã, os investigadores foram até o local e apreenderam o carro.

Ainda segundo o delegado, o veículo está no pátio e será periciado pelo mesmo legista que esteve no local do acidente. Ele afirmou ainda que está indo para o local para acompanhar pessoalmente os trabalhos.

Um grupo de amigos da jovem e moto taxistas que trabalham com o pai da vítima estiveram na frente da 1ª Delegacia de Polícia. O pai desabafou revoltado e contou o sofrimento que tem sido para a família os últimos dias. “O que mais nos machuca é a falta de socorro, ele atropelou minha filha e a deixou jogada no chão”

Leia também:  Boliviano usado como "mula" é detido com mais de 13 kg de pasta base
Pai da jovem em frente ao Cisc - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Pai da jovem em frente ao Cisc – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

ATUALIZAÇÃO

Uma pessoa que não teve o nome divulgado se entregou agora a pouco na Delegacia Regional e se identificou como o condutor do veículo. Ele afirmou que está na cidade há aproximadamente um mês e estaria com o carro emprestado, porém ele alega que não teve envolvimento nenhum no acidente e que o estrago no carro foi ocasionado em uma batida ocorrida no centro.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.