Dois homens acusados de agenciar meninas para programas sexuais foram presos nesta sexta-feira (10), em Cuiabá (215 Km de Rondonópolis). A prisão foi realizada durante operação para cumprimento de quatro mandados, sendo dois de prisão e dois de busca e apreensão domiciliar pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), da Polícia Judiciária Civil.

Os suspeitos, A.N.A., 21, e H.R.M, comerciante, 54, tiveram a prisão temporária decretada.

De acordo com a PC, o acusado A.N.A. “agenciava” meninas menores idade para manter relação sexual com o comerciante. Uma das vítimas, de apenas 12 anos, relatou que recebia R$ 200 reais, sendo repassados 100 para o agenciador.

Leia também:  Com queda de 16,2%, Cuiabá fica entre as 12 capitais com redução de homicídios no país

Conforme o delegado responsável pelas investigações, as diligências continuarão para identificar outras vítimas, que eram agenciadas pelo acusado A.N.A. e exploradas sexualmente pelo comerciante preso.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.