Duas caminhonetes foram recuperadas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), da Polícia Judiciária Civil, nesta sexta-feira (10), com duas pessoas presas, uma por crimes de receptação e outra por furto. Os veículos foram encontrados na cidade de  Várzea Grande e Cuiabá (215 Km de Rondonópolis).

Um dos veículos foi localizado em posse de um homem de 33 anos autuado pelo crime de receptação.  O acusado foi preso pela equipe de investigadores da Delegacia na Avenida Felinto Muller, Bairro Água Vermelha, em Várzea Grande. Ele estava em  poder da caminhonete S-10, como chassi e numerações dos vidros adulterados, com o fim de dificultar a fiscalização.

Leia também:  Fazendeiro é assassinado a tiros ao ajudar motorista e suspeito foge

Em checagem no sistema, policiais constataram que o veículo foi roubado no dia 2 de abril, em Cuiabá. Segundo o delegado, Adriano Sanches, a adulteração foi bem realizada, o que gerou grande dificuldade na identificação do crime. “Mesmo com a dificuldade, os investigadores, com auxílio da Politec, identificaram o chassi original do veículo”, disse.

No final da tarde de sexta-feira, outra caminhonete S-10, preta, foi recuperada com auxílio do rastreador instalado no veículo. O veículo foi furtado no mesmo dia na região central de Várzea Grande e localizado no bairro Dom Aquino, em Cuiabá. O suspeito Alexandre Savio Carvalho do Nascimento, 23, foi autuado em flagrante por furto.

As apreensões fazem parte da operação “Clone”, desenvolvida pela Derrfva desde o mês de março, com a finalidade de identificar suspeitos que vêm clonando veículos na região metropolitana, assim como ampliar a fiscalização e retirar veículos clonados de circulação.

Leia também:  Quadrilha invade casa, amarra vítima e foge com caminhão no Sagrada Família

Participaram da ação, os investigadores Túlio de Jesus e Antonio Pinto Figueiredo, coordenados pelo delegado Adriano Sanches.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.