A Operação Semana Santa, feita anualmente pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) já começou nas rodovias de Rondonópolis. A ação teve início no dia 31 de março e segue até a segunda-feira (06). O efetivo será reforçado em 30% em trechos estratégicos em rodovias federais conforme explica o comandante da 2ª delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Luiz Carlos.

Um dos principais objetivos da operação é coibir comportamentos de risco dos motoristas como ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade e a mistura de álcool e direção.

Ainda conforme o comandante, durante esse período, ocorrerá alguns horários de restrição. Para aumentar a fluidez do trânsito nas rodovias de pista simples, a corporação vai restringir o tráfego de caminhões com dois reboques, veículos com dimensões excedentes e caminhões cegonha em alguns momentos. Esses veículos não poderão transitar nas rodovias de pista simples na quinta-feira (02) das 16h às 24h, na sexta-feira (03), das 6h às 12h, e no domingo (05), entre as 16h e as 24h.

Leia também:  Bêbado, motorista de caminhão tanque é preso pela PRF

Segundo a PRF, o motorista que descumprir a determinação será multado. A infração é média, gera multa de R$ 85,13 e quatro pontos na CNH. Além disso, o condutor será obrigado a permanecer com o veículo estacionado até o final do horário de restrição.

“Trabalhamos para tentar reduzir o número de feridos e mortes, mesmo que não haja vítimas, os acidentes acabam gerando constrangimentos. Esses horários de restrição é a melhor hora para quem pretende viajar” explica Luiz Carlos.

2014

No ano passado a PRF registrou seis mortes nas rodovias que correm o estado de Mato Grosso – MT no período da Operação Semana Santa.

Durante a operação ocorreram 55 acidentes com 20 feridos. Também foram realizadas 1.170 autuações, 33 veículos retidos, 2.146 testes de teor alcoólicos e 20 prisões.

Leia também:  Bimotor faz pouso forçado em meio a milharal em Mato Grosso

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.