Desde que Anderson Silva foi pego no antidoping antes e depois do UFC 183, muitos lutadores vieram a público questionar o legado do ex-campeão peso-médio do Ultimate. Mas este não é o caso de Quinton “Rampage” Jackson.

Em conversa com jornalistas em Montreal, no Canadá, nesta quinta-feira, o ex-campeão meio-pesado do UFC afirmou que não vai deixar de simpatizar com o trabalho de Spider pelo fato de ele ter testado positivo nos exames:

– Eu vou continuar me inspirando no Anderson Silva, não importa o que aconteça. Ele veio de uma das lesões mais terríveis que um homem já sofreu e está mais velho. Quando ouvi que ele tinha testado positivo, eu desejei que não fosse verdade – declarou o americano.

Leia também:  1º Campeonato de Futebol Amador é suspenso temporariamente

Apesar de simpatizar com a situação de Anderson, o lutador de 36 anos, que no sábado enfrenta Fábio Maldonado no card principal do UFC 186, afirma que não é a favor do uso de drogas de aumento de performance por atletas, principalmente em esportes de combate.

– É uma daquelas coisas…lutadores tomando esteróides, não acredito nisso. Se jogadores de beisebol tomam, eu não ligo, mas lutadores, eles podem machucar outros atletas se tomarem esteroides.

Ex-lutador do Pride FC, competição que era conhecida por não testar lutadores para drogas de aumento de performance, Rampage se recorda de sua ingenuidade, logo no início da carreira, no tocante ao uso dessas substâncias por outros lutadores:

Leia também:  Federação realiza arbitral após desistências em série

– Eu era tão jovem que nem sabia o que eram esteroides. Sou de Memphis e eu não podia sequer dizer quem usava e quem não usava. Eu não ligava para isso, só gostava de lutar – finalizou.

UFC 186
25 de abril, em Montreal (CAN)
CARD PRINCIPAL
Peso-mosca: Demetrious Johnson x Kyoji Horiguchi
Peso-médio: Michael Bisping x C.B. Dollaway
Peso-casado (97,5kg): Fábio Maldonado x Quinton “Rampage” Jackson
Peso-leve: Shane Campbell x John Makdessi
Peso-galo: Thomas Almeida x Yves Jabouin
CARD PRELIMINAR
Peso-meio-médio: Patrick Cote x Joe Riggs
Peso-galo: Alexis Davis x Sarah Kaufman
Peso-leve: Bryan Barbarena x Chad Laprise
Peso-leve: Olivier Aubin-Mercier x David Michaud
Peso-meio-médio: Chris Clements x  Nordine Taleb
Peso-galo: Valerie Letourneau x Jessica Rakoczy
Peso-palha: Randa Markos x Aisling Daly

Leia também:  Luverdense fica no empate com o Paraná
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.