Desembargadora Maria Erotides (lado direito) acompanhando a sessão de julgamento  - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Desembargadora Maria Erotides (lado direito) acompanhando sessão de julgamento – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

A desembargadora do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Maria Erotides Kneip Baranjak visitou na manhã desta terça-feira (14), as sessões de julgamento realizadas pelo Tribunal do Júri da Comarca de Rondonópolis que acontecem durante a ‘Semana Nacional do Júri’, realizada de 13 a 17 de abril. Neste período, devem ser julgados em Rondonópolis, 75 processos de crimes dolosos contra a vida.

De acordo com a desembargadora, que pretendem acompanhar o maior número de julgamentos em Rondonópolis, a intenção é cumprir 100% da meta. “Eu quero que todos os júris sejam solucionados e vamos depois continuar para que Rondonópolis zere,” revelou.

Por possuir o maior número de processos iniciados até 31 de dezembro de 2009 e que deveriam ter sido julgados até 31 de outubro de 2014, a Comarca de Rondonópolis foi escolhida como a Comarca de Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Nacional (Enasp) visando acelerar e destravar os processos de crimes dolosos contra a vida que estão em trâmite há anos no Poder Judiciário.

Leia também:  Torta de paçoca

Conforme a desembargadora, que é importante tanto para o Estado quando para o município que a meta seja alcançada. “Me interessa Rondonópolis porque o número de júris aqui vai implicar no repasses para a Segurança Pública de Mato Grosso e do município” destacou.

Sessão realizada no Tribunal do Júri - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Sessão realizada no Tribunal do Júri – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Julgamentos

Foram iniciados na manhã desta terça-feira (14), nove processos em Rondonópolis. Dentre os quais estão, o julgamento de Marcos Antônio Lopes e Fernando Henrique de Souza, acusados pelo homicídio da empresária, Jozelma do Nascimento Pesqueira Gimenes, cometido no dia 12 de agosto de 2007. A sessão iniciou às 8h30 e ocorre no Tribunal do Júri.

Outro julgamento dos réus Douglas Cebalho Barbosa e Giovanni Rondon Bravo Ferreira, suspeitos no caso de homicídio de Valdemir da Silva Ananias Júnior e na tentativa de homicídio do menor F.M.F.S. Os crimes ocorreram em julho de 2012.

Leia também:  Grupos recebem melhoria na qualidade vida através da hidroginástica
Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Sessão realizada na manhã desta terça-feira, na empresa ‘A tribuna’ – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.