Simulado Nacional Vestplus - Foto: Ricardo Costa / AGORA MT
Estudantes concentrados na prova – Foto: Ricardo Costa / AGORA MT

Mais de 200 alunos participam de um simulado nacional que ocorre hoje (25) e amanhã (26) na Escola Major Otávio Pitaluga (EEMOP), em Rondonópolis. O simulado que tem como objetivo preparar os estudantes para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) faz parte de uma parceria entre a VESTPLUS e o sistema OBJETIVO.

A coordenadora pedagógica, Edilaine Zoner Digigov, explica que a prova é oferecida gratuitamente para alunos de 3º ano da rede pública, particular e do cursinho preparatório VESTPLUS. “Alunos de várias cidades da região participam desse simulado que funciona como um treino para os alunos que querem conseguir uma boa nota no Enem”, conta.

Esse já o 3º ano que o seletivo nacional é realizado em Rondonópolis, mais de 500 alunos fizeram a prova no ano passado. O seletivo é feito três vezes por ano e as questões são elaboradas e corrigidas por professores da rede de ensino OBJETIVO, em São Paulo.

Leia também:  Cáritas Diocesana realiza projeto: 75 anos em defesa da vida
Simulado Nacional Vestplus - Foto: Ricardo Costa / AGORA MT
Simulado Nacional  – Foto: Ricardo Costa / AGORA MT

“A procura pelo seletivo é muito grande, percebemos que os estudantes estão mais atentos quanto a preparação para o Enem, já há várias pessoas na fila de espera para participar da próxima prova. É um treinamento gratuito e que ajuda muito os alunos a se preparem para o Enem que hoje é o principal canal para entrar em universidades públicas”, afirma a coordenadora.

Além do treinamento, os estudantes que forem melhor colocados no simulado concorrerão a uma premiação nacional. No ano passado, a VESTPLUS de Rondonópolis também premiou os alunos com as melhores notas com notebook, tablete e celulares.

RESULTADOS

No último ano, mais de 120 alunos da VESTPLUS conseguiram aprovação em faculdades públicas, sendo que 23 estudantes entraram para o curso de medicina.

Leia também:  Névoa de fumaça assusta e incomoda moradores de Rondonópolis

A coordenadora explica que isso é o resultado de um acompanhamento pedagógico que tem garantido o sucesso. “É um índice alto de aprovação e que mostra a qualidade do curso”, alega.

A VESTPLUS também já investiu oferecendo bolsas de estudos para alunos carentes que mostraram potencial. “E eles passaram em várias faculdades para diversos cursos, inclusive em medicina, alcançando o seu objetivo que era de fazer um curso superior”, finaliza a coordenadora.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.