A sociedade rondonopolitana pode contribuir na escolha do nome para a Universidade Federal em Rondonópolis. O Comitê Pró-UFR criou recentemente uma ferramenta on-line com o objetivo de interagir a comunidade com os trabalhos em prol da emancipação do campus da UFMT local.

Para colaborar é só acessar o endereço eletrônico www.ufrja.blogspot.com.br ou também através do facebook da UFRJA e deixar um comentário com a sugestão do nome até quarta-feira (22). Em seguida, será feita uma seleção e uma consulta para definir o novo nome para a instituição.

O projeto de emancipação do campus recebeu do Ministério da Educação (MEC) o parecer técnico favorável ao projeto de Criação e Implantação da Universidade Federal em Rondonópolis estando incluído no próximo ciclo de expansão das Universidades Federais.

Leia também:  Esquadrilha da fumaça surpreende público com show aéreo em Rondonópolis

Atualmente o MEC não tem incentivado a criação de universidades com o nome de municípios. Dessa forma, um novo nome, que substitua UFR e que reflita a abrangência regional da universidade, deverá ser definido.

O Comitê Pró-UFR ressalta que Rondonópolis está localizada na mesorregião sudeste de Mato Grosso, a qual conta com aproximadamente 500 mil habitantes. Está inserida na região de transição entre o Cerrado e o Pantanal, dois grandes e importantes biomas brasileiros. A nova universidade pretende atender todo o Centro-Oeste brasileiro, pois está em uma região de fronteira entre os estados de Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul.

A criação da nova universidade é prerrogativa da Presidência da República, por meio de um ato presidencial. Portanto, o pleito de criação da Universidade Federal em Rondonópolis depende neste momento da articulação política perante a presidente.

Leia também:  Conheça a quadrilha estilizada da Escola Silvestre
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.