O vereador Roni Magnani (PP) discursou na 104ª sessão ordinária da Câmara Municipal, desta quarta-feira (8), cobrando o prefeito em exercício, Rogério Salles (PSDB), e ao departamento de fiscalização da Secretaria de Receita da prefeitura para que haja sensibilidade na solução do caso dos verdureiros ambulantes, que estão sendo alvo de notificações e até de retiradas forçadas nos últimos dias em Rondonópolis.

Roni diz que recebeu, na última terça-feira (7), uma comissão formada por 10 destes trabalhadores, onde sentiu que não há por parte destas pessoas a vontade de resistir na ilegalidade. Porém, o parlamentar defende maleabilidade na condução da fiscalização.

“Nós estamos falando de pessoas que estão há mais de 20 anos trabalhando e sustentando suas famílias de uma profissão que têm de passar por uma regulamentação geral sim. Não adianta apenas dizer que está errado e que têm de sair. Quando uma legislação afeta vidas, temos de ser sensíveis ao ponto de buscar gradativamente uma nova realidade, sem que fique nenhuma família desguarnecida. Eles não se furtam em contribuir com a receita, mas precisam de condições e locais para trabalhar”, avaliou Magnani.

Leia também:  Câmara Municipal discute PPA com a população nesta quinta (22)

O parlamentar argumentou que os verdureiros ambulantes, assim como os outros vendedores de alimentos, como os ‘espeteiros’ e de outros ramos alimentícios, não estão buscando competir com mercados e estabelecimentos comerciais com sede fixada.

“Eles entenderam que não podem ficar na calçada de supermercados e já estão cumprindo isso. Foi criada agora uma agenda junto ao Executivo para que possamos discutir uma padronização dos verdureiros. As feiras podem sim ser uma saída, mas elas já têm os seus trabalhadores tradicionais. É necessário humanidade para conduzir certos assuntos. Eu sou a favor de cadastrar todos e fornecer um curso geral de manipulação de alimentos para profissionalizar o setor. Vamos sentar e discutir”, pediu Roni.

Leia também:  Vereador garante novo modelo de colete para mototaxistas
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.