Entre os suspeitos está um empresário do município - Foto: Parecis.Net
Entre os suspeitos está um empresário do município – Foto: Parecis.Net

Sete pessoas foram presas em flagrante por receptação e associação criminosa armada. Uma carga de defensivos agrícolas avaliada em R$ 500 mil foi apreendida pela Polícia Judiciária Civil, em Campo Novo do Parecis (657 Km de Rondonópolis), em poder dos suspeitos. O flagrante foi feito nesta terça-feira (28) em uma casa localizada na rua Curió, bairro Jardim das Palmeiras.

Entre os presos está um ex-policial militar, Anderson Alves Lara, que irá responder também por falsa identidade. Ele ainda teve um mandado de prisão cumprido por homicídio, praticado em São José do Rio Claro.

Os outros suspeitos foram identificados como Vanderlei Neves, Wantuir Thaienann, Bartolomeu Filho, Cristiano Antunes, Idelbrando de Brito Silva, e Eleandro Luis Bart.

Leia também:  Mulher é presa com droga na vagina ao tentar entrar em presídio

O delegado que investiga o caso, Waner dos Santos Neves informou que os suspeitos foram surpreendidos no momento que carregavam os produtos para levar até uma empresa no município. Segundo ele, a carga estava escondida na residência e era vigiada pelo suspeito Vanderlei Neves.

Carga de defensivos agrícolas avaliada em R$ 500 mil - Foto: assessoria
Carga de defensivos agrícolas avaliada em R$ 500 mil – Foto: assessoria

Os produtos eram colocados em um caminhão baú, de propriedade da empresa Agripan, cujo dono Eleandro Luis Bart, também foi autuado em flagrante. Um veículo Cobalt, que pertence a outro suspeito também foi apreendido.

A origem dos produtos ainda está sendo levantada pelos policiais para identificar as propriedades que tiveram os produtos subtraídos. Uma parte da carga, possivelmente, pertence à fazenda El Caminho, que foi invadida e de lá levados vários produtos.

Leia também:  Vila Rica | Gêmeos em bicicleta morrem atropelados por carreta

A investigação é da Delegacia de Campo Novo do Parecis realizada em parceria com a equipe policial do delegado, Nelder Martins Pereira, de Tangará da Serra.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.